Câmara debate criação de livro das línguas

Hoje em Dia – Conexão Brasília

A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados promoverá entre os dias 7 a 9 de março o Seminário Nacional sobre a Criação do Livro de Registro das Línguas. O objetivo do evento é discutir a criação de um sistema de registro para as línguas faladas no Brasil, que além do português, o país possui mais de 200 línguas – incluindo 190 indígenas, 20 de imigrantes e mais a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A iniciativa do seminário é do deputado Paulo Delgado (PT-MG), presidente da Comissão, que acredita que por meio do livro de registro, o Estado reconhecerá as demais línguas faladas no país como patrimônio cultural da Nação. O evento será realizado na Câmara, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e com o Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Lingüística (Ipol).

De acordo com Paulo Delgado, o livro de registros vai incentivar a política de afirmação dos direitos lingüísticos, das identidades das minorias e de manutenção da diversidade cultural do país. A idéia é fazer com que esses representantes destas comunidades lingüísticas exponham o que é ser brasileiro em outra língua.

Paulo Delgado
Paulo Delgado
Sociólogo, Pós-Graduado em Ciência Política, Professor Universitário, Deputado Constituinte em 1988, exerceu mandatos federais até 2011. Consultor Independente de Empresas e Instituições nas Áreas de Política, Educação e Trabalho, escreve para os jornais O Estado de S. Paulo, Estado de Minas, O Globo e Correio Braziliense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *