Paulo Delgado critica USP e Unicamp por não esperarem Enem

Informes PT

O deputado Paulo Delgado (PT-MG) criticou ontem a decisão da Universidade de São Paulo (USP) e da Unicamp de não utilizarem mais o resultado do Enem 2009 (Exame Nacional do Ensino Médio) no Vestibular 2010. “Foi uma decisão precipitada das duas universidades; elas deviam esperar pela realização da nova prova do Enem, porque a cultura da avaliação é uma conquista da educação brasileira”, afirmou o parlamentar.

Ex-presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, Paulo Delgado observou que “apoiar a manutenção da nota do Enem é ajudar a combater o delito, que levou à anulação da primeira prova”. Ele fez questão de elogiar a decisão do ministro da Educação, Fernando Haddad, de preservar o Enem e anular a prova tão logo surgiu a denúncia de violação do conteúdo dos testes. A data do Enem foi alterada para os dias 5 e 6 de dezembro. Anteriormente, estava prevista para 3 e 4 de outubro.

Com a decisão da Usp e da Unicamp, a nota do candidato ao ingresso nas duas universidades será exatamente igual à que obtiver no vestibular. Antes, o Enem 2009 poderia ser utilizado na primeira fase do vestibular, valendo até 20% do total de pontos nessa fase.

Paulo Delgado
Paulo Delgado
Sociólogo, Pós-Graduado em Ciência Política, Professor Universitário, Deputado Constituinte em 1988, exerceu mandatos federais até 2011. Consultor Independente de Empresas e Instituições nas Áreas de Política, Educação e Trabalho, escreve para os jornais O Estado de S. Paulo, Estado de Minas, O Globo e Correio Braziliense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *